Nova Prata, 20 de Julho de 2019

Crianças em famílias disfuncionais

Crescer em uma família disfuncional pode trazer consequências sérias na vida adulta. Entenda família funcional aquela que desempenha as suas funções fundamentais de educação e desenvolvimento dos seus membros de uma forma a se adaptar às circunstâncias e aos fatos de cada momento, ajudando a todos para estarem sempre em um processo de tomada de consciência e de crescimento.

Cada um de nós possui funções específicas na sua família: ser pai, mãe, marido, filho e assim por diante. Quando percebemos alguém atuando com responsabilidades e atitudes que não condizem com o seu papel é porque alguma coisa está errada, a família encontra-se disfuncional. Mas quais são as consequências desse tipo de problema?

É comum ver um filho se responsabilizando pelo relacionamento dos seus pais, atuando em uma função que não é a sua. Seus pais deixam de ser casal e colocam a criança em uma posição de extremo poder e prioridade. Como consequência, essa criança poderá ter o seu desenvolvimento comprometido, o seu crescimento impedido e a capacidade de desempenhar atividades criativas podem ficar prejudicadas. Ainda é possível dizer que uma criança que esteja excessivamente comprometida com o relacionamento dos seus pais tem seu lugar como filho mal definido. Isso vai, no futuro, dificultar que ela permita-se ter a sua vida afetiva e que construa a sua própria família.

Um outro exemplo que quero citar é o casal que está tão preocupado com os seus problemas e deixa de exercer as suas responsabilidades enquanto pai e mãe (carinho, limite, cuidado, amparo e acolhimento). A criança sente-se descuidada, sem valor e atenção. Possivelmente terá atitudes para chamar a atenção, seja por bem ou por mal. Além disso, entenderá que não é merecedora do amor dos pais e do outro, sentindo-se insegura em seus relacionamentos.

As crianças, quando crescem em lugares disfuncionais, precisam se adaptar para sobreviver e se proteger desse ambiente. Ainda, estão expostas a modelos de comportamento que possivelmente repetirão mais tarde, quando forem adultos. Os pais, enquanto adultos, necessitam tomar consciência e saber das suas responsabilidades, refletindo sobre as suas atitudes. Para começar, entendendo a sua parcela de culpa diante do comportamento inadequado do seu filho.

Veja outros colunistas

Meus fuzis

Emir Rossoni

Emir Rossoni

[ Leia mais ]

Por que é tão difícil mudar o padrão?

Aline Machado Larrosa

Aline Machado Larrosa

[ Leia mais ]

O que são lesões bucais?

Reinaldo Zanotto

Reinaldo Zanotto

[ Leia mais ]