Nova Prata, 03 de Dezembro de 2020

O que te motiva a praticar atividade física?

A motivação na hora de treinar é um dos fatores determinantes que esta aliada ao exercício físico, mas que, por outro lado, pode também se tornar a principal vilã, pois sem ela não conseguimos progredir e ter assiduidade nas atividades.
Todos nós temos dias em que não estamos dispostos, nos quais as coisas não vão bem; passamos por momentos complicados, como excesso de trabalho, estresse, indisposição, entre outros. Estas são situações comuns que nos acompanham durante o cotidiano. As eventualidades estão presentes, mas não significa que podemos deixar com que se tornem rotineiras, em que a indisposição seja maior que a força de vontade de seguir adiante, pois é a persistência que nos leva ao hábito.
A motivação para a prática de atividade física depende de várias questões, dentre elas podemos citar, a personalidade, facilidades, rotina, expectativas e interesses.
O aconselhável é procurar algo que te traga satisfação e experimentar diversas opções de atividades, até que encontres aquela que te motive e que assim se torne agradável, sem ser encarada como uma obrigação.
Ryan e Cols. (1997), criaram um instrumento para investigar a motivação à pratica de atividade física, que é conhecido como Motives for Physical Activity Measure-Revised, dentro de cinco aspectos:
1) Diversão: implica a motivação de ser fisicamente ativo porque considera a atividade divertida, proporciona felicidade, é interessante, estimulante e agradável;
2) Competência: visa praticar atividade física para ser melhor naquela atividade, encontrar desafios e adquirir novas habilidades;
3) Aparência: envolve a busca pela atividade para se tornar mais atraente, ter músculos definidos e alcançar ou manter um peso desejado;
4) Saúde: refere-se a ser fisicamente ativo para ter saúde, força e energia;
5) Social: direciona a busca por atividade física como forma de estar com os amigos e de conhecer novas pessoas.
Procure identificar quais dos aspectos mais te motivam, que combinam contigo e a partir disso podes moldar quais as atividades que irão ao encontro de tuas inspirações! Se precisares, procure a ajuda de um profissional de Educação Física que poderá te auxiliar, abrindo caminhos para essa incrível jornada que se chama atividade física.

Veja outros colunistas

O brado que não se ouve

Cíntia Bettio

Cíntia Bettio

[ Leia mais ]

O brado que não se ouve

Cíntia Bettio

Cíntia Bettio

[ Leia mais ]

O brado que não se ouve

Cíntia Bettio

Cíntia Bettio

[ Leia mais ]