Nova Prata, 03 de Dezembro de 2020

Postura inadequada e o uso do celular

Ao olhar em volta, existe sempre uma cena que provavelmente irá se repetir, independentemente de onde você esteja: as pessoas estão conectadas praticamente o tempo todo em seus aparelhos celulares ou smartphones.
A utilização de telefones celulares para enviar e receber e-mails e mensagens instantâneas (sms/whatsapps) está em alta. Cerca de 1,1 bilhão de pessoas possuem um smartphone e esse volume pode triplicar até o final de 2018.Por este motivo diversos especialistas temem que os aparelhos móveis sejam também os principais responsáveis pelo crescente número de problemas cervicais reportados pelo mundo.
Um estudo recente realizado nos Estados Unidos avaliou a sobrecarga exercida na região cervical à medida que deslocamos o pescoço para frente.
Em posição ideal, com as orelhas alinhadas com os ombros, o peso transmitido ao pescoço é de aproximadamente 5 kg. Esse valor vai sendo aumentado caso inclinemos o pescoço para frente. Com 15 graus de inclinação, a sobrecarga aumenta para 12 kg. Com 30 graus de inclinação aumenta para 18 kg. Com 45 graus de inclinação a sobrecarga já é de 22 kg. Finalmente, com 60 graus de inclinação a sobrecarga chega a alarmantes 27 kg.

Estudos mostram que, manter o pescoço flexionado por um periodo prolongado ou diversas vezes ao dia, pode aumentar o risco de artrose, degeneração do disco vertebral e dor de cabeca.
Em uma pesquisa realizada no Canadá com 140 estudantes e funcionários de uma universidade, 124 participantes relataram passar, em média, mais de 1hora por dia enviando e-mails e mensagens de texto. O mesmo estudo encontrou uma relação significativa entre o tempo de utilizacao de aparelhos celulares e dores na cervical, ombros e mãos.
Outro estudo realizado na Finlândia, encontrou uma relação importante entre a utilização dos aparelhos celulares e a presença de dor no pescoço (48%), ombros (32%) e punho/dedos (19%).
Algumas observações sobre a forma correta e errada no uso do smartphone.
CERTO
1-Aparelho afastado de si. Dessa forma, os braços ficam estendidos e o pescoço não se curva.
2- Braços apoiados sobre uma mesa para digitar.
ERRADO
1- Curvar o pescoço excessivamente para ver a tela do smartphone.
2- Braços e ombros muito flexionados para teclar.
3- Apoiar celular com o ombro.
Em um mundo em que as pessoas necessitam se manterem conectadas e, por isso, utilizam cada vez mais o smartphone são necessárias medidas preventivas para evitar danos à coluna. Já que não é possível diminuir o tempo diário de uso do aparelho, espera-se uma redução significativa do tempo contínuo, utilizando algumas pausas.
É de extrema importância o reforço da musculatura, através de exercícios de alongamentos e a prática de atividade física que auxiliem no fortalecimento da musculatura da coluna cervical, ombros e cintura escapular.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
https://vejario.abril.com.br/blog/fabiano-serfaty/o-que-e-o-8220-pescoco-de-texto-8221-8220-text-neck-8221-o-problema-causado-pelo-uso-do-celular/
http://portal.estacio.br/media/5450/cervicalgia-causada-pelo-uso-do-smartphone.pdf

Galeria de Imagens
Fonte: http://www.hong.com.br/text-neck-dor-cervical-celularsmartphone-prejudica-coluna/
Fonte: http://www.hong.com.br/text-neck-dor-cervical-celularsmartphone-prejudica-coluna/
Veja outros colunistas

O brado que não se ouve

Cíntia Bettio

Cíntia Bettio

[ Leia mais ]

O brado que não se ouve

Cíntia Bettio

Cíntia Bettio

[ Leia mais ]

O brado que não se ouve

Cíntia Bettio

Cíntia Bettio

[ Leia mais ]