Nova Prata, 23 de Junho de 2018

O fim do sorriso metálico

Aliando praticidade, sofisticação e qualidade, os aparelhos invisíveis são o que há de mais moderno para o tratamento odontológico, o que deixa os aparelhos metálicos, com fios que cortam a boca e atrapalham na hora de sorrir para uma foto, com os dias contados.
O aparelho invisível é feito de plástico médico transparente, semelhante às placas de clareamento dental produzidas nos Estados Unidos. Logo, a tecnologia é de ponta. O aparelho alinha os dentes, facilita a higienização bucal sem nenhum transtorno e, além de não incomodar, não perde qualidade para o tratamento com o aparelho convencional. Além de transparentes, os aparelhos invisíveis são removíveis e confortáveis.
Em relação à alimentação, o paciente pode comer e beber o que quiser. Para isso, é preciso manter uma boa higiene oral, escovando e usando o fio dental regularmente ao final de cada refeição.
Ressalto que esse tipo de tratamento consiste no uso de uma sequência de placas, trocadas de acordo com a movimentação dental, perfazendo um tempo de uso pré-determinado. Como em todo tratamento, esse também apresenta suas vantagens e desvantagens. Como vantagem, tem-se a facilidade de limpeza (pode ser removido a qualquer momento) e como desvantagem, o seu custo (é mais caro que o convencional).
O tratamento é indicado principalmente para pessoas que tenham problemas de sobremordida e desalinhamento dentário. Porém, analisar o custo benefício é fundamental, já que comodidade e estética devem sempre ser levadas em consideração.
Para os pacientes que querem um tratamento diferenciado e que seja mais discreto, trata-se de uma excelente alternativa.
Para mais esclarecimentos, converse com um dentista.

Veja outros colunistas

Prótese sobre implantes ou prótese convencional?

Reinaldo Zanotto

Reinaldo Zanotto

[ Leia mais ]

Conversas com mamãe

Emir Rossoni

Emir Rossoni

[ Leia mais ]

Facetas de porcelana ou lente de contato dental, qual escolher?

Reinaldo Zanotto

Reinaldo Zanotto

[ Leia mais ]