Nova Prata, 17 de Novembro de 2018

Dentadura é a segunda coisa que mais afeta vida dos idosos

A falta de acesso a um tratamento de qualidade é o grande diferencial do país.
São 16 milhões de brasileiros que perderam todos os dentes da boca e dentro desse número alarmante temos a possibilidade de colocar uma lupa em um grupo específico: os idosos. São 41,5% deles que já não tem mais nenhum dente na boca. E esse fato acaba limando a autoestima dos nossos amados idosos.
Voltando a pesquisa “Percepções latinoamericanas sobre perda de dentes e autoconfiança”, 43% das pessoas entrevistadas deixam claro que a perda de dente já afetou seus relacionamentos mais íntimos
Alguns idosos passam mais de uma década com próteses provisórias que atrapalham a mastigação, além de dificultar na fala que acarreta em constrangimento ao socializar.
Apenas a dor de cabeça supera a falta de dente no ranking de questões relacionadas ao envelhecimento do brasileiro.
Para os casos em que o paciente tem certa dificuldade na adaptação com as próteses, o uso dos implantes surge como uma alternativa para dar mais conforto e segurança aos pacientes.
Para mais esclarecimentos, converse com um dentista.
Fonte: site Terra

Veja outros colunistas

Palito de dente substitui fio dental?

Reinaldo Zanotto

Reinaldo Zanotto

[ Leia mais ]

Têmis envergonhada

Cíntia Bettio

Cíntia Bettio

[ Leia mais ]

O conhecimento cidadão merece o Oscar

Sonia Reginato

Sonia Reginato

[ Leia mais ]