Nova Prata, 22 de Maio de 2019

Hálito nota dez

O mau hálito é um problemão para quem tem e para as pessoas ao redor. O mau hálito crônico pode afetar a vida pessoal e profissional de quem sofre do problema. A escovação incorreta deixa resíduos de alimentos nos dentes e na língua, formando a placa bacteriana. Resultado: inflamação da gengiva, acúmulo de bactérias e decomposição, que gera o odor desagradável. Cáries e próteses mal colocadas pioram o problema. Mascar chicletes e balas apenas mascara o cheiro.

Para prevenir, é preciso escovar os dentes e limpar a língua e usar o dental todos os dias. O fio dental pode causar sangramento na gengiva. É um sinal de que está inflamada, mas a limpeza não deve ser interrompida.

O mau hálito pode ainda ter origem em outras partes do corpo, como aparelhos digestivo e respiratório. Com movimentos mais lentos do esôfago, os restos alimentares se acumulam no percurso até o estômago. Além da halitose o paciente tem dificuldade para engolir, má digestão, arrotos e abdômen inchado. Amídalas com cavidades são outra causa para o problema, já que acumulam pedaços de bolo alimentar. Junto com o odor forte, a pessoa elimina pequenas bolinhas brancas, similares a grãos de arroz. As rinossinusites também geram mau hálito quando a secreção desce pela garganta.

Como evitar:

  •  Escovar os dentes após as refeições;
  • Fazer pelo menos uma higienização completa ao dia: escovar os dentes, escovar a língua e usar o dental;
  • O gargarejo anti-séptico ajuda a reduzir a placa bacteriana;
  • Pessoas com pouca salivação devem beber bastante líquidos;
  • Evitar alimentos condimentados como pimenta, cebola e alho;
  • Dar preferência a alimentos com fibras, como a maçã e outras frutas;
  • Restaurar cáries e tratar próteses mal adaptadas;
  • Evitar o tabagismo.


A origem do problema:

  • Boca - Resíduos alimentares na língua, placa bacteriana, cáries, inflamação da gengiva, próteses mal colocadas, pouca salivação;
  • Garganta - Inflamação das amídalas;
  • Vias nasais - Respiração pela boca ao invés de ser pelo nariz; Seios da face - Rinossinusites;
  • Aparelho digestivo – Movimentos lentos de esôfago e estômago.

Obs: Boa escovação dos dentes, limpeza da língua e uso do fio dental resolvem o mau hálito na maioria dos casos.

Para maiores esclarecimentos converse com um dentista.

Cirurgião-Dentista Reinaldo Zanotto (CRO-RS 15865)

ESPECIALISTA EM IMPLANTES, SAÚDE COLETIVA E DA FAMÍLIA

Avenida Presidente Vargas, 1.258, Centro, Nova Prata - Fone: (54) 3242.4930

Convênios: UNIMED, BB Dental, Brasil Dental, Bradesco, Odonto Serv, Odonto Prev e Riachuelo

Veja outros colunistas

O que são lesões bucais?

Reinaldo Zanotto

Reinaldo Zanotto

[ Leia mais ]

Expectativa

Cíntia Bettio

Cíntia Bettio

[ Leia mais ]

A lente de contato dental dura quanto tempo?

Reinaldo Zanotto

Reinaldo Zanotto

[ Leia mais ]