Nova Prata, 16 de Janeiro de 2019

Direitos autorais de imagens na internet

Olá amigos do Correio Livre.

Dias atrás tive um problema pois uma imagem minha foi utilizada por terceiros sem autorização. Ao entrar em contato solicitando a retirada da foto do ar, a empresa em questão me “informou” que a imagem foi encontrada num buscador da internet e, portanto, seria de domínio público. NÃÃÃÃÃÃÃÃO!

Esse é um erro bastante comum de quem trabalha com a internet: o fato de uma imagem estar na net, não a torna domínio público, por isso é preciso muito cuidado com esse procedimento. Para se ter uma ideia, se você utilizar uma imagem sem a devida autorização, você poderá ser processado pelo fotógrafo (direitos autorais) e pela pessoa que aparece na imagem (direito de imagem). A coisa fica mais complicada se a imagem for usada para promover a sua empresa, produto ou serviço. Neste momento você deve estar se perguntando: então como devo proceder? Seguem algumas sugestões:


1. Eu quero copiar uma foto e postar na minha página, como devo agir? Nas redes sociais, normalmente você tem a opção de COMPARTILHAR, que é uma forma de preservar o autor da imagem e texto, pois as informações da postagem acompanham o compartilhamento e preservam sua origem.


2. Mas e se eu não quiser compartilhar, posso copiar e colar? Neste caso você deve pedir autorização ao autor, além de incluir os créditos, ou seja, citar o nome do autor da imagem. Se você tem uma empresa e pretende postar uma foto de uma campanha de um fornecedor, a regra é a mesma, mas o cuidado deve ser maior. Entre em contato com seu fornecedor, explicando o que pretende fazer com a imagem, para obter autorização (tenha a autorização por escrito, para evitar problemas). Lembre-se! Muitas empresas usam modelos famosos e atores de TV em campanhas e um processo por uso indevido de imagem pode sair bem caro!


3. Ok, o dono da foto me autorizou a usar, posso editar a imagem? A resposta é NÃO! Não edite ou altere a foto, não espiche, não achate, não mude de cor. Lembre-se que a foto não é sua, portanto, você deve manter a originalidade.


4. Mas se o dono da imagem não me autorizar, o que eu posso fazer? Muito simples: não use a imagem para evitar incômodos futuros. Mesmo se você colocar os créditos corretamente, tem muita gente que não gosta e não autoriza (e tem toda a razão, diga-se de passagem).


5. A solução: a) fotógrafo. Contrate um profissional e faça as suas próprias imagens. Sai muito mais barato que um processo. b) Faça as fotos você mesmo. c) Banco de Imagens. Para quem usa imagens frequentemente essa é uma boa dica: existem diversos bancos de imagens na internet que você pode se cadastrar e comprar as imagens que você precisa. Os valores dessas imagens variam de acordo com o banco que você escolhe e a quantidade/qualidade das fotos também. Mais um cuidado: os bancos de imagens normalmente autorizam o uso da imagem que você adquire por um prazo determinado. Leia atentamente os termos de uso para não se complicar.


6. Mas, e se eu não quiser pagar, existe alguma maneira? Sim, existem bancos de imagens grátis, mas nesses casos eu sugiro que antes de utilizar uma imagem dessas, você leia atentamente as regras, pois muitas vezes a autorização gratuita é restrita ao uso pessoal, sendo proibido o uso comercial das imagens, além de ser obrigatório citar o nome do site.


É claro que esses itens não englobam todas as situações que podem ocorrer, é apenas um resumo. Com isso, eu quero chamar a atenção contra essa prática comum na internet, que é fazer uma pesquisa de imagem, copiar e usar a imagem sem nenhum cuidado. Infelizmente muitos desconhecem totalmente essas informações e os perigos do uso indevido de imagens.


No caso da minha foto, ela foi usada sem autorização, sem citar a fonte, alterada e totalmente desconfigurada. Eu apenas solicitei a remoção da imagem, pois o dono da página em questão não sabia do ocorrido. O real responsável foi o seu “marqueteiro” que não tinha a mínima noção do que estava fazendo e poderia ter prejudicado o seu cliente.


Ai entramos em outra discussão... a escolha da agência ou profissional para cuidar das suas redes sociais e/ou publicidade. Bom, isso é assunto para uma próxima coluna. Até lá!

Veja outros colunistas

Os dentes estão diminuindo de tamanho? As restaurações trincam ou fraturam? Você pode sofrer de bruxismo

Reinaldo Zanotto

Reinaldo Zanotto

[ Leia mais ]

Coragem

Cíntia Bettio

Cíntia Bettio

[ Leia mais ]

Dor de cabeça e disfunção da mandíbula

Reinaldo Zanotto

Reinaldo Zanotto

[ Leia mais ]