Nova Prata, 11 de Agosto de 2020

- em Especiais

Seis razões para comemorar o Dia dos Namorados em tempos de pandemia

Rosangela Matos Coach de relacionamento, analista comportamental e corporal e neurocoach
Rosangela Matos, coach de relacionamento, analista  comportamental e corporal e neurocoach
Rosangela Matos, coach de relacionamento, analista comportamental e corporal e neurocoach /

Uma ideia que chegou ao Brasil com o objetivo de aumentar as vendas em um mês considerado “fraco” em 1949 foi a história de São Valentim, um padre que segundo conta a lenda realizava matrimônios quando estes foram proibidos pelo imperador romano Cláudio II para que os soldados não tivessem medo de deixar as suas famílias e irem para a guerra e foi morto no ano de 269. Além de Juno, a deusa do casamento. Um padre casamenteiro, uma deusa pagã ou apenas uma data consumista?
Muitas histórias permeiam essa data, que no Brasil não é no dia 14 de fevereiro e sim 12 de junho e independente da razão da sua existência, essa é a data mais simbólica para comemorar o amor.
Em tempos de pandemia a vida mudou e, claro, as relações também. Casais estão lidando com hiperconvivência, medos, incertezas e até mesmo abandonaram o clima de romance na relação.
Neste ano, o Dia dos Namorados será mais silencioso, possivelmente em casa com mais simplicidade e talvez seja um dos momentos mais genuínos desde que a data foi trazida para o Brasil.
Não teremos tantas fotos, jantares suntuosos e nem fila para o motel, mas essa data mais do que nunca pode ajudar a reacender a chama na relação, bem como mostrar que o casal forma um time e reforçar o amor que existe.
Acredito que é importante comemorar essa data de alguma forma e vou compartilhar com vocês algumas razões.

1) Eu e você contra o mundo
Caminhar na mesma direção, ter um plano de vida juntos, jogar no mesmo time. Esta é uma data para se reconectar com a relação, sair do piloto automático, deixar de lado as notícias tristes e lembrar que não está sozinha(o) nessa jornada. É hora de lembrar como tudo começou, quantas situações superaram juntos e ter fé em dias melhores.

2) Amor em forma de palavras
Que tal falar para a pessoa amada o quanto ela é especial e faz diferença na sua vida? Escreva um bilhete se não conseguir falar. Lembra das juras de amor do início da relação que lhe deixavam com um sorriso no rosto? É um bom momento para trazer isso de volta.

3) Apimentar a relação? Claro que sim!
Com a chegada dos filhos, os problemas e a rotina desgastante, o casal muitas vezes se deixa para depois e quando percebe a relação esfriou. Que tal uma noite para namorar? Para dar e receber prazer, para falar sobre desejos e fetiches, afinal a sexualidade é um pilar importante em uma relação. E a sexualidade não é apenas o ato sexual, é o que vem antes dele, é a troca, o carinho, longos beijos e abraços. É o estar presente de corpo e alma.

4) Que tal recomeçar?
Se as questões não vão bem há tempos, esse pode ser um novo início, uma nova chance. É possível recomeçar de uma forma diferente se a relação vale a pena e se o amor ainda existe. Que tal fazer novos combinados, planos de usar essa data para um novo sim?

5) Namoro é importante
Em tempos de hiperconvivência, a irritação, a rotina e a sobrecarga podem causar distanciamento e brigas recorrentes. Não é porque o casal está passando mais tempo perto que não precisa destinar momentos só para a relação, pelo contrário, é mais importante que nunca. Você já percebeu como se sente forte quando a relação vai bem e se sente apoiada(o)? Um casal que coloca o namoro como prioridade na relação se mantém unido nos momentos mais difíceis. Aproveitem para deitar no sofá agarradinhos, ver um filme, compartilhar lembranças felizes e ter um tempo de namoro.

6) O amor está no ar
Não importa a forma, comemorem. Peçam um jantar em casa ou cozinhem juntos, coloquem as crianças para dormir mais cedo ou as deixem participar do jantar, contem a elas sobre essa data especial e mostrem o quanto se importam um com o outro. O amor ensina e contagia.
Podem, inclusive, trocar o jantar por um café da manhã ou um lanche da tarde. Não importa a forma da comemoração, a dica é não deixar passar em branco essa data que mostra que o amor e que amar valem a pena e que são escolhas diárias.
E para quem está longe?
Todas as dicas continuando valendo e a tecnologia, neste momento, será uma grande aliada.
O casal pode combinar de jantar no mesmo horário, fazer uma videochamada para conversar durante o preparo da refeição, encontrar maneiras criativas de estar mais perto, sabendo que em breve estarão juntos.
O Dia dos Namorados é uma celebração que mostra que relacionamento acontece no dia a dia, em cada escolha, em cada gesto e em cada olhar. Esse será um momento para recarregar as energias do casal, dar as mãos e relembrar da força que possuem juntos.
Viva o Dia dos Namorados!

06 Ago. 2020, 14:04

Edital

12 Jun. 2020, 14:04

Dia dos Namorados